Mossoró/RN, 18 de Agosto de 2022

Taxistas precisam se cadastrar para receber benefício emergencial

Os taxistas vão receber um benefício em dinheiro, que vai começar a ser pago em 16 de agosto. Mas, para receber o crédito do BEm-taxista, o Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis, é preciso que o profissional esteja cadastrado no Ministério do Trabalho e Previdência, com a Carteira Nacional de Habilitação válida e o alvará em vigor no dia 31 de maio deste ano.

O Ministério já começou a enviar às prefeituras o pedido de informações referentes aos taxistas cadastrados nos municípios, que pode ser respondido a partir da próxima segunda-feira, dia 25, até o final do mês.

O valor e o número das parcelas do BEm-Taxista ainda não estão definidos e poderão variar conforme o número de beneficiários cadastrados. Além disso, a divisão será de acordo com o total previsto para o pagamento do auxílio, que é de R$ 2 bilhões.

O BEm-taxista foi aprovado pela Emenda Constitucional 123, promulgada este mês no Congresso Nacional. A medida prevê também o Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga. Para esta categoria, as informações de cadastro dos caminhoneiros foram repassadas pela ANTT e já estão sendo processadas. O pagamento deve começar no dia 9 de agosto. Serão seis parcelas mensais de R$ 1.000.

Postado em 22 de julho de 2022