Mossoró/RN, 05 de Outubro de 2022

Campanha antirrábica e Dia D são prorrogados em Mossoró

Foto: Wilson Moreno (SECOM/PMM)

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), recebeu nesta segunda-feira (8) comunicado da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Vigilância e Controle, sobre a prorrogação da campanha antirrábica no Rio Grande do Norte.

Agora, a campanha se estenderá até 28 de outubro. Antes a ação iria até 2 de setembro. A medida também atinge o Dia D de vacinação contra a raiva no município. Anteriormente marcada para 20 de agosto, a mobilização ocorrerá em 10 de setembro.

Diretor administrativo do CCZ, João Paulo frisa a importância da população em aderir à campanha. “O Centro de Controle de Zoonoses continuará realizando a estratégia dos pontos volantes às sextas-feiras, conforme a disponibilidade das doses fornecidas pelo Estado e destacamos que a população continue aderindo à campanha contra a raiva e vacinem seus animais domésticos”.

João Paulo informa ainda que nesta terça-feira (9) será divulgado o cronograma de pontos volantes que serão disponibilizados na sexta-feira (12). “Frisamos também que o cronograma da semana atual será divulgado na terça-feira, também conforme a disponibilidade de doses para a vacinação dos animais”.

A última atualização do CCZ mostra que o número de animais vacinados chegou a marca de 14 mil. A estimativa do órgão é imunizar 80% dos 38.118 animais domiciliares na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. A campanha de vacinação antirrábica teve início em 4 de julho.

A vacinação contra a raiva também está sendo realizada na sede do Centro de Controle de Zoonoses, localizada à rua Moisés da Costa Lopes, nº 83, bairro Nova Betânia. A imunização ocorre de segunda a quinta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 16h. Às sextas-feiras a vacinação acontece das 7h às 13h.

ORIENTAÇÕES

– Podem ser vacinados cães e gatos a partir dos três (3) meses de idade;

– Somente animais saudáveis devem ser vacinados contra a raiva;

– Animais debilitados ou suspeitos de enfermidades, em tratamento ou convalescendo de cirurgias, devem aguardar a recuperação para serem submetidos à vacinação;

– Os cães devem ser conduzidos com coleiras por pessoas maiores de idade que possam conduzir com segurança o animal;

– Cães bravos ou mordedores devem utilizar sempre focinheira apropriada para evitar acidentes;

– Os gatos devem ser transportados em caixas apropriadas ou protegidos com mantas de pano com total segurança para evitar fuga durante a vacinação;

– A vacinação antirrábica ocorre anualmente

Postado em 8 de agosto de 2022