Mossoró/RN, 05 de Outubro de 2022

Doze candidatos vão concorrer à presidência nas eleições deste ano

Por Daniel Ito – Repórter da Rádio Nacional – Brasília

Doze chapas vão concorrer nas eleições deste ano para a presidência da República. Os nomes foram lançados pelos partidos nas convenções nacionais, que têm prazo até a meia-noite desta sexta-feira para serem realizadas, segundo o calendário do Tribunal Superior Eleitoral.

Na sexta-feira o União Brasil lançou o nome da senadora Soraya Thronicke ao Palácio do Planalto, com Marcos Cintra como o vice dela na chapa. Além disso, o PDT escolheu a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, como a vice candidata de Ciro Gomes; e o PTB oficializou o Padre Kelmon Luís da Silva Souza como o vice na chapa liderada por Roberto Jefferson.

Das chapas completas que já foram anunciadas, três já fizeram o registro no TSE. São elas: Felipe D’Ávila e Tiago Mitraud, do Partido Novo; Léo Péricles e Samara Martins, do Unidade Popular; Sofia Manzano e Antonio Alves, do PCB; e Pablo Marçal e Fátima Pérola Neggra, do Pros.

As outras chapas completas anunciadas em convenções são: Lula e Geraldo Alckmin, que reúne PT e PSB; o presidente Jair Bolsonaro, do PL, que desta vez tem o general Braga Neto como vice; Vera Lúcia do PSTU, que tem Kunã Yporã de vice; e Simone Tebet, do MDB, que terá a tucana Mara Gabrilli como vice. Até o início da noite desta sexta o partido Democracia Cristã ainda não havia definido o vice de José Maria Eymael.

Encerrado o prazo das convenções, os partidos têm até 15 de agosto para o registro no TSE. No dia seguinte, 16, terá início o período da campanha eleitoral em todo o país.

Postado em 8 de agosto de 2022