Mossoró/RN, 29 de Setembro de 2022

Mais de 30 empresas potiguares participam de rodadas de negócios para entrar no mercado internacional

Produtos tipicamente regionais de 35 empresas potiguares, atendidas pelo Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX) no Rio Grande do Norte, podem alçar voos internacionais em breve. Os acordos poderão ser firmados a partir de rodadas de negócios com comerciais exportadoras, na primeira Ação de Exportação do PEIEX no Estado.

As tratativas acontecem em 16 de agosto, das 9h às 17h, na Universidade Potiguar (UnP) da Unidade Roberto Freire, em Natal, quando as empresas participantes terão a oportunidade de expor seus produtos.

O evento também marca o encerramento do ciclo vigente, que será realizado, logo na sequência, das 19h às 20h30, com palestras, debates sobre exportação/internacionalização e apresentação dos resultados do PEIEX-RN.

O momento contará com a participação de representantes seniores da Apex-Brasil, da UnP, de empresas atendidas e de parceiros institucionais. Para participar, basta se inscrever no site: click.apexbrasil.us/MslLX.

Além de Natal, outras cidades também terão programação diversificada. No dia 17, das 11h30 às 20h, o polo Caicó recebe visita dos representantes da Apex-Brasil e do PEIEX-RN para visitas técnicas às empresas atendidas, com divulgação dos resultados locais. A mesma agenda é programada para o polo Mossoró no dia 18, das 10h às 20h.

Contexto das empresas atendidas

O PEIEX é desenvolvido pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e, no Rio Grande do Norte, tem a Universidade Potiguar (UnP) como parceira, por meio de seu Núcleo de Práticas e Negócios (NPN).

A previsão inicial era de atender 150 empresas (100 na Grande Natal, 25 no polo Mossoró e 25 no polo Caicó). Mesmo em um contexto pandêmico, os resultados obtidos ultrapassaram as metas estabelecidas no início do convênio, gerando um aditamento de seis meses à sua duração original (fevereiro de 2020 a fevereiro de 2022).

Ao todo, foram 124 organizações da Grande Natal, 31 do Polo Caicó, englobando a região do Seridó, e 31 do Polo Mossoró, englobando a região do Alto Oeste. Elas estão enquadradas como micro, pequenas e médias empresas. Dentro dessa proposta, todos os participantes receberam capacitações em diversas áreas estratégicas de mercado.

Segmentos atendidos

Os setores atendidos foram variados, demonstrando o potencial competitivo do Estado e sua diversidade econômica. Em Natal, houve a predominância do setor de Alimentos (30%), Serviços (18%) e Vestuário (15%). No polo de Caicó, notou-se a predominância de Salgados e Pães (20%), Vestuário (12%) e Mineração (8%). Já no polo Mossoró, o setor de Serviços se destacou (26.7%), seguido por Castanhas (20%) e Frutas (16,7%).

O convênio da Apex-Brasil com a Universidade Potiguar contou com uma equipe composta por 11 profissionais, entre os quais 7 são especialistas em Negócios Internacionais. Além disso, houve o apoio de instituições como Fiern, Sebrae, Banco do Brasil, Correios, Sedec-RN, Inframerica, IMD-UFRN, Inpact-UFRN, Facem-UERN, Iagram-Ufersa, ITNC-IFRN.

Postado em 12 de agosto de 2022