Mossoró/RN, 05 de Outubro de 2022

Danniel Morais propõe programa estadual de renda mínima

Danniel Morais, candidato ao governo do estado pelo PSOL, apresentou em seu plano de governo proposta de criar um programa estadual de transferência de renda chamado “Renda Potiguar”. O benefício seria utilizado para combater a fome e teria como público as famílias inscritas no Cadastro Único do governo federal.

Segundo Danniel Morais, o número de pessoas que estão abaixo da linha da extrema pobreza vem crescendo, então é obrigação moral do governo do estado garantir recursos para combater esse problema. “Ainda não definimos o valor que cada família receberia, mas acreditamos que um complemento ao Auxílio Brasil pago às famílias em situação crítica já poderiam reduzir significativamente o número de pessoas em extrema pobreza no RN. Não podemos cruzar os braços sabendo que 1 em cada 3 potiguares está nessa situação”, disse.

Conforme levantamento do Cadastro Único realizado pela Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) o Rio Grande do Norte tem mais de 1,1 milhão de pessoas vivendo em extrema pobreza, que é quando a renda mensal per capita é inferior a R$ 105 por mês. O número de famílias atendidas pelo Auxílio Brasil no estado é de aproximadamente 490 mil, de acordo com dados do governo federal.

Se o “Renda Potiguar” for pago a todos os beneficiários do Auxílio, o custo anual do programa seria de aproximadamente R$ 590 milhões, algo em torno de 4% do orçamento anual do governo do estado, que foi de R$ 15,9 bilhões em 2022.

Postado em 22 de agosto de 2022