Mossoró/RN, 05 de Outubro de 2022

Styvenson defende transparência e acessibilidade na administração pública

Foto: Moraes Neto

Candidato ao Governo do Estado, o senador Styvenson Valentim, afirmou que a burocratização no serviço público é um dos principais problemas enfrentados pelo setor produtivo no Rio Grande do Norte. “Nossa legislação está velha, atrasada e é difícil de lidar. Há uma grande dificuldade em se conseguir um simples documento”, disse. 

Durante o Fórum Caminhos do RN, promovido pela FIERN, nesta sexta-feira (26), na Casa da Indústria, com a participação de candidatos ao governo estadual com representação no Congresso Nacional, ele citou a importância de se ter transparência e acessibilidade dentro da administração pública. “É fazer compliance no serviço público. Tenta obter alguma informação de forma ágil no portal da transparência”, disse. 

Na ocasião, ele recebeu a Agenda Caminhos do RN, entregue pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), Amaro Sales. Valentim se mostrou defensor da racionalização do Estado e da otimização dos gastos públicos e mostrou um gráfico em que 72% dos recursos é destinado ao pagamento de pessoal e encargos. “Racionalizar é dar prioridade para secretarias e pastas que precisam ser atuantes”, comentou. 

Ele defendeu a redução de secretarias no Governo para “tornar a gestão mais prática e eficaz”, além de citar uma legislação atualizada e fácil. “Tem que se criar metas e profissionalizar a administração pública”, disse. 

Ainda em sua fala, o candidato revelou o interesse em criar uma secretaria dentro da estrutura governamental voltada especificamente para rediscutir os contratos. E mostrou interesse em contato mais próximo com as pequenas empresas que, segundo ele, geram mais serviços e empregos.  

Styvenson aproveitou para parabenizar a FIERN pela realização do Caminhos do RN. “É uma oportunidade de falar do estado”, concluiu. E também ao presidente Amaro Sales pelo projeto do Buggy elétrico, lançado ontem (25) pelo SENAI-RN e governo da Alemanha. “É tecnologia, inovação e soluções inteligentes. Infelizmente, parece que as pessoas não acreditam na tecnologia”, disse. 

Durante o evento na Casa da Indústria, Styvenson mostrou um vídeo com o ex-deputado federal e ex-secretário de Fazenda do Paraná, Luiz Carlos Hauly, no qual ele fala em apoiar o projeto econômico do Rio Grande do Norte citando o “plano industrial e desenvolvimentista” do candidato ao governo do RN. 

Com relação ao estado de energias no Rio Grande do Norte, Styvenson falou da necessidade de uma “grande reforma legislativa e tributária”. Ele argumentou que tem que ter retorno para o Estado com a revisão dos tributos arrecadados. “Não sou contra o empresário. Ele é quem gera emprego”, justificou. 

Quanto à infraestrutura das rodovias estaduais, Styvenson afirmou que investir em malha viária é imprescindível alertando para os perigos da má conservação das estradas não só para o transporte de produtos. 

Postado em 27 de agosto de 2022