Mossoró/RN, 30 de Novembro de 2022

América segura vantagem e conquista título inédito da Série D

Foto: Canindé Pereira/América FC

POR FUTEBOL INTERIOR

Após vencer o duelo de ida por 2 a 0, o América-RN confirmou o título da Série D do Campeonato Brasileiroao perder por 1 a 0 a volta com o Pouso Alegre-MG, fora de casa. Com isso, o Mecão conquista o título da quarta divisão nacional pela primeira vez em sua história e leva a premiação de maior fatia na competição. No primeiro jogo, na Arena das Dunas, em Natal (RN), o Mecão venceu por 2 a 0 e levou o título pelo saldo agregado: 2 a 1.

A disputa final coroou as duas melhores campanhas na competição. O time mineiro, conhecido como Dragão, ainda teve a vantagem de atuar o segundo jogo em casa, por ter melhor campanha do que o América-RN.

Além dos finalistas, outros dois clubes já tinham assegurado o acesso para a Série C em 2023: o São Bernardo-SP e o Amazonas-AM, ambos semifinalistas, e que serão novatos na Série C, o mesmo acontecendo com o Pouso Alegre. Os rebaixados da Série C já tinham sido definidos: Ferroviário-CE, Atlético-CE, Brasil de Pelotas e Campinense.

CASA CHEIA!

Para o duelo diante do América-RN, o Manduzão contou com grande apoio da torcida do Pouso Alegre-MG e um bom público visitante, num total de 13.559 torcedores presentes. Lotado, tanto torcedores do Dragão de Pouso Alegre quanto o Dragão Natalense fizeram uma bela festa. Melhor para os visitantes, os quais comemoraram o título.

NCONTESTÁVEL!

O título inédito do América-RN veio de forma incontestável. Após uma boa campanha no Grupo A3 da Série D, onde terminou em segundo lugar, o Mecão cresceu dentro dos mata-mata e virou um rolo compressor. Nos chaveamentos, o clube venceu todos os jogos, exceto a ida das quartas de final, onde perdeu para o Caxias por 1 a 0, e a derrota de hoje. Com isso, terminou a Série D com a segunda melhor campanha geral, atrás apenas do próprio Pousão.

FRACO…

Dentro de campo, Pouso Alegre-MG e América-RN fizeram um duelo de poucas emoções. Com a vantagem de ter vencido a ida por 2 a 0, o Dragão de Natal entrou em campo administrando o resultado e tocando a bola, buscando reduzir o ímpeto dos mandantes. Deu certo. Mesmo tentando ir ao ataque e chegar ao seu gol, o Pousão teve dificuldades e não abriu o placar nos 45 minutos iniciais.

Na volta dos vestiários, o panorama não mudou. Sonolento, os jogo seguia com o Pouso Alegre-MG tentando ir para cima, mas parando na marcação eficiente do Mecão, a qual impedia boas chances dos mandantes.

Desta vez, porém, o Dragão não esteve numa tarde inspirada e o jogo acabou sendo ‘administrado’ pelo América-RN que atuou com o regulamento debaixo do braço.

GOL NO FINAL

A torcida esperou até os acréscimos para comemorar o gol da vitória, marcado por Victor Pereira, de cabeça, aos 48 minutos. Após a cobrança de escanteio, a bola saiu em curva e foi para o outro lado da pequena área. Victor Pereira cabeceou, a bola tocou nas costas de um defensor e desviou. O goleiro Bruno ainda saltou e tocou na bola, mas ela entrou.

Esta vitória foi um prêmio para a torcida do Dragão que, é claro, esperava o título. Os torcedores aplaudiram muito os jogadores ao final da decisão, confiando numa boa campanha na Série C em 2023.

De outro lado, o América-RN comemorou muito em campo e depois participaram da premiação, com a entrega de medalhas e troféus.

PREMIADOS!

Por terem disputado a final da Série D deste ano, América-RN e Pouso Alegre-MG foram premiados por suas campanhas na competição. Campeão da edição deste ano, o Mecão receberá uma premiação de R$ 500 mil da CBF. Vice-campeão, o Pousão fica com um prêmio de R$ 300 mil. Com isso, os clubes ganham um fôlego financeiro para terminar o ano e para o início de 2023.

Postado em 26 de setembro de 2022