Mossoró/RN, 27 de Novembro de 2022

Senador Jean e governadora Fátima participam de evento nacional para articular campanha de Lula

O líder da minoria, senador Jean Paul Prates (PT-RN), participou, nesta quarta-feira (05), do lançamento da Frente Ampla Brasil da Esperança com o candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o seu vice Geraldo Alckmin. Na ocasião, governadores e senadores declaram apoio a chapa neste segundo turno. 

“Mais uma vez, observamos a capacidade do presidente Lula de agregar pessoas e partidos. O apoio de parlamentares e governadores de várias legendas simboliza a confiança na construção de um novo Brasil. O povo merece voltar a sorrir”, disse o Senador.

Fátima Bezerra, governadora reeleita do Rio Grande do Norte, afirmou a Lula que o Nordeste nunca lhe faltou e nunca lhe faltará. “O Nordeste, mais uma vez, vai dar uma lição de responsabilidade. Nós temos clareza o que está em debate neste momento. O que está em jogo é a defesa da democracia. Vamos aumentar a votação da Lula no Rio Grande do Norte e Nordeste. O Nordeste sabe muito o que significou o legado do presidente Lula”, defendeu. 

Já o governador do Pará, Helder Barbalho, destacou que o MDB nunca fugiu das lutas para ajudar o país. “Conte com o estado do Pará e os estados do Norte para fortalecer a democracia e as instituição sejam fortalecidas. Lula, presidente”, disse. 

Em nome do Amapá, o governador Clécio, do Solidariedade, eleito declarou que “a pauta das Amazonas será debatida aqui. Precisamos preservar a Amazonas e garantir emprego e renda. Queremos desenvolvimento sustentável para o Amazonas. Vamos a vitória!”. 

Carlos Brandão (PSB), governador eleito pelo Maranhão, reiterou a importância de todos trabalharem com a diminuição do número de abstenções no segundo turno. “O Maranhão vai mostrar para o Brasil que é Lula”. 

Discurso

O candidato a presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu o apoio de todos e afirmou que vai ganhar as eleições em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. “Eu gosto de comícios e carreatas. Campanha tem que olhar no olho das pessoas. Tem que ver a reação delas em cada palavra nossa. Eu quero ir para rua conversar com esse povo. Vamos ganhar e sabemos das dificuldades para recuperar o espirito civilizadores do povo”, afirmou.  

Lula pontuou que, na primeira semana, após as eleições do segundo turno, irá fazer uma reunião com governadores e prefeitos de todo o país. “Não é possível governar o país em ouvir os governadores. (…) Os prefeitos vão participar ativamente da nossa política de governança”, disse. 

Participaram ainda da reunião as governadoras Regina Sousa (PT-PI), Paulo Câmara (PSB-PE) e os governadores Paulo Dantas (MDB-AL) e João Azevedo (PSB-PB). 

Também estiveram presentes os senadores Katia Abreu (Progressistas-TO), Randolfe Rodrigues (REDE-AP), Renan Calheiros (MDB-AL), Alexandre Silveira (PSD-MG),Acir Gurgacz (PDT-RO), Paulo Rocha (PT-PA), Flavio Dino (PSB-MA), Marcelo Castro (MDB-PI), Paulo Paim  (PT-RS), Humberto Costa (PT-PE), Renan Filho (MDB-AL), Camilo Santana (PT-CE), Giordano (MDB-SP), Rogerio Carvalho (PT-SE), Veneziano Vital (MDB-PB), Jader Barbalho (MDB-PA), Jacques Wagner (PT-BA), Fabiano Contarato (PT-ES) e Carlos Fávaro (PSD-MT). 

Não tiveram presente no evento, mas declaram apoio a Lula e Alckmin, os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE), Jorge Kajuru (Podemos-GO) e José Serra (PSDB-SP).

Postado em 6 de outubro de 2022