Mossoró/RN, 23 de Maro de 2023

Covid: falta de vacina para crianças atinge 1 em cada 5 municípios

Por Madson Euler – repórter da Rádio Nacional – São Luís

Gestores apontam que pelo menos uma em cada cinco cidades brasileiras tem falta de imunizantes contra a covid-19 para vacinar crianças entre 3 e 11 anos.

As informações são da pesquisa da Confederação Nacional de Municípios (CNM), realizada entre 22 e 28 de novembro deste ano. Foram ouvidos 1.970 gestores, o que representa 35,4% dos municípios brasileiros.

A pesquisa registrou que 10,8% – o equivalente a 213 dos entrevistados – indicam falta de vacinas contra covid para adultos.

Mas o dado mais preocupante é quanto aos estoques dos imunizantes destinados a crianças entre 3 e 11 anos:  416 dos municípios ouvidos relatam falta de vacinas para esse público; um número acima de 21% dos gestores entrevistados.

A maioria, 85,1%, diz não ter estoque suficiente da CoronaVac, a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a faixa etária de 3 e 4 anos de idade.

Já 152 dos municípios que participaram do levantamento relataram falta da Pfizer infantil, que atende crianças de 5 a 11 anos.

Nós solicitamos informações ao Ministério da Saúde sobre a falta de doses e a previsão da chegada de novas remessas aos municípios, mas não obtivemos resposta até o momento.

A Confederação Nacional de Municípios vem realizando, ao longo da pandemia da covid-19, pesquisas junto às prefeituras para acompanhar os assuntos que mais preocupam os gestores em relação ao enfrentamento do vírus. Esta foi a 38ª edição do levantamento.

Postado em 5 de dezembro de 2022