Mossoró/RN, 23 de Maro de 2023

Inadimplência é recorde entre os mais pobres, diz CNC

Cartões de crédito

Por Tatiana Alves – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) divulgou, nesta terça-feira, dados sobre endividamento e inadimplência do consumidor em novembro. Entre os mais pobres, a inadimplência foi a maior da série histórica. E o público feminino é, atualmente, o maior devedor: 80,7% tinham dívidas no mês passado.

Segundo a CNC, o levantamento aponta que 30,3% das famílias brasileiras têm alguma dívida em atraso. Dos consumidores com até 10 salários mínimos de renda mensal, 34,1% atrasaram o pagamento das contas, a maior proporção da série histórica iniciada em 2010.

O número de consumidores com mais da metade da renda comprometida com o pagamento de dívidas chegou a 21,6% do total de endividados em novembro. A economista Izis Ferreira aponta que moderar o uso do cartão de crédito é uma das dicas para prevenir endividamentos.

O superendividamento aumentou especialmente entre os consumidores com mais de 35 anos, que passaram de 16% para mais de 19% em um ano.

O volume dos atrasos na quitação de dívidas por mais de 90 dias piorou em novembro. Dos inadimplentes, 42,5% estão atrasados há mais de três meses.

Postado em 6 de dezembro de 2022