Mossoró/RN, 28 de Maro de 2023

Petrobras vai dividir R$ 35,8 bilhões entre seus acionistas; R$ 6,5 bilhões a mais que o previsto em sua política de remuneração

Esferas de armazenamento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) da Refinaria Duque de Caxias – REDUC

A Petrobras atingiu um lucro líquido recorde de R$ 188,3 bilhões em 2022, demostrando sólida performance financeira e operacional durante o ano. Este resultado representou um crescimento de 77% em relação ao lucro líquido de 2021. Somente no 4º trimestre de 2022, o lucro líquido da companhia foi de R$ 43,3 bilhões, 38% superior ao mesmo período do ano anterior. Esses dados estão no Relatório de Desempenho Financeiro do 4T22, divulgado nesta quarta-feira (01/03) pela companhia.

A companhia também divulgou que foi aprovado o pagamento de dividendos no valor de R$ 35,8 bilhões aos seus acionistas, em duas parcelas de R$ 17,9 bilhões, em 19 de maio de 2023 e 16 de junho de 2023. 

O montante proposto ultrapassa a aplicação da fórmula prevista na Política de Remuneração aos Acionistas da Petrobras em R$ 6,5 bilhões no trimestre.  

Postado em 2 de março de 2023