Mossoró/RN, 23 de Maro de 2023

CPI da Lojas Americanas é protocolada na Câmara com 216 assinaturas

Por Priscilla Mazenotti – Repórter da Rádio Nacional – Brasília

O pedido de criação da CPI das Americanas foi protocolado na Câmara pelo líder do PP, deputado André Fufuca. O requerimento tem 216 assinaturas, número acima das 171 necessárias para abertura de Comissões Parlamentares de Inquérito na Casa.

Depois de criada e instalada, a CPI das Americanas, que será composta por 27 titulares e 27 suplentes, terá 120 dias para investigar o rombo contábil de R$ 20 bilhões da empresa. No requerimento, o deputado Fufuca argumenta que esse episódio das Americanas afeta a credibilidade de todo o mercado de ações do Brasil. E ainda acrescenta: é do interesse público assegurar que os investidores possam ter certeza de que a economia popular não será prejudicada por qualquer tipo de fraude, erro ou acobertamento de rombos em balanços sem que haja a investigação do poder público.

Com a CPI, os deputados poderão, inclusive, convocar os principais acionistas da empresa: Jorge Paulo Lehmann, Marcel Telles e Beto Sicupira, e investigar empréstimos e as contas do grupo.

Mas, antes disso, a Mesa Diretora precisa antes fazer a conferência das assinaturas. Como elas começaram a ser coletadas ainda em janeiro, é possível que o número caia, já que, onze parlamentares estão fora do mandato, não foram reeleitos.

Enquanto a CPI não é instalada na Câmara, as autoridades continuam investigando essa questão contábil da empresa. No início da semana, a Americanas se reuniu com credores em busca de um entendimento. Houve, inclusive, a proposta de aumento de capital em dinheiro no valor de 10 bilhões de reais. Mas não houve acordo.

Também nesta semana, a Polícia Federal começou a ouvir funcionários e ex-funcionários da empresa. Em janeiro, a 4ª Vara Empresarial do Rio aceitou o pedido de recuperação judicial do Grupo. A gente lembra aqui que o Grupo Americanas é composto por outras duas empresas e é responsável por marcas como Americanas.com, Submarino e Shoptime.

Postado em 10 de março de 2023