Mossoró/RN, 27 de Maro de 2023

Cidades do RN têm madrugada de ataques a tiros e incêndios

POR G1

Nove cidades do Rio Grande do Norte tiveram uma madrugada de ataques a tiros e incêndios em prédios públicos, comércios e veículos, nesta terça-feira (14). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, uma pessoa morreu em confronto com a polícia e outros dois suspeitos foram presos.

Além da capital, Natal, foram alvo de ataques as cidades de Acari, Caicó, Campo Redondo, Cerro Corá, Jaçanã, Lajes Pintadas, Parnamirim, Santo Antônio e São Miguel do Gostoso. Entre os alvos estão um fórum de Justiça, bases da PM e prefeituras.

Ataques

Na madrugada, o Fórum de Justiça de Parnamirim, na Grande Natal, foi alvo de dezenas de tiros de arma de fogo. (Veja a imagem acima)

Também em Natal, houve um ataque a duas bases da Polícia Militar, na Zona Oeste da cidade. Criminosos atiraram contra os prédios e tentaram atear fogo.

Em Parnamirim, ao menos dois carros da secretaria de obras e um ônibus foram incendiados. O fogo no ônibus atingiu a rede de energia elétrica e provocou a interrupção no fornecimento de energia para 107 casas no bairro Emaús, segundo a companhia que administra o serviço.

Também houve ocorrências no interior do estado. Em Caicó, no Seridó potiguar, uma loja de motos foi atacada.

Em Acari, ao menos veículos da Secretaria de Obras foram incendiados. Os alvos foram tratores, caçamba, retroescavadeira e caminhonete.

Em Santo Antônio, tiros foram disparados contra a sede da prefeitura. Em Jaçanã, um carro foi queimado na garagem da prefeitura.

O Corpo de Bombeiros confirmou que foi acionado para ocorrências em Acari, São Miguel do Gostoso, Parnamirim, Tibau do Sul, Maracajaú, Regomoleiro – em São Gonçalo do Amarante – e no bairro Ponta Negra em Natal.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte afirmou que monitora desde a noite de segunda-feira (13) um “eventual aumento de ocorrências criminosas” e atua com ação conjunta de todas as forças de segurança.

Ainda de acordo com a pasta, o efetivo policial foi ampliado e pessoas foram presas. Um suspeito morreu em confronto com a polícia e outros dois foram presos, segundo a corporação.

“Os episódios se restringiram à madrugada, entre a meia-noite e 2 horas desta terça-feira. As forças de segurança permanecem mobilizadas”, informou a Sesed.

Postado em 14 de março de 2023